Gran Finale 2014

A décima segunda edição do Gran Finale – Festival Nacional de Corais Infantis e Jovens 2014 aconteceu num clima de grande emoção e contou com a participação de 22 corais, formados por 430 crianças e jovens das mais diferentes condições sociais e religiões que brilharam no palco do Teatro Bradesco no último dia 29 de setembro, sob a batuta do renomado maestro norte-americano Henry Leck da Butler University/Indianápolis/EUA.

A abertura do Concerto ficou com o Coral Jovem que cantou Haendel, uma dança romena e peças interessantes de outros países e brilhou com Sina de Djavan, com percussão corporal. Em seguida o Coral Infantil apresentou também um repertório variado, passando por Vivaldi, músicas folclóricas e em outras línguas. A diretora cênica Patricia Costa do Rio de Janeiro colocou muito movimento em cena e tornou o concerto vibrante e criativo.

Um total de 10 corais com 180 vozes, formados por crianças e jovens de comunidades menos favorecidas atendidas por projetos sociais receberam uma bolsa incentivo para participarem do Festival.

Os Concertos em 2 sessões bateram recorde de público de todas as edições anteriores:

Concerto duas sessões 17h30 e 20h15
Total de público: 2.410

O Festival contou o patrocínio da empresa TKM, através do PROAC – ICMS, com o apoio da UNESP – IA – Universidade Estadual Paulista /Instituto de Artes /SP, Abemúsica – Associação Brasileira de Música, ARCI – Associação de Regentes de Corais Infantis, Pianos Fritz Dobbert, Perrotti e Barrueco Advogados, CCBC – Câmera de Comércio Canadá, Espaço Cultural de Artes, Gráfica Hertha, Etoile Hotels, Restaurante Rascal, Churrascaria Vento Haragano e Pizzeria 1900.

Como complemento do Gran Finale aconteceu um workshop com o maestro convidado e com a diretora cênica Patricia Costa/RJ, que contou com a presença de 93 regentes e estudantes de música das 5 regiões do país, vindos de 11 estados: Alagoas, Pernambuco, Bahia, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina, Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo.

“Um importante diferencial do workshop é o fato de possibilitar que os regentes participantes assistam aos ensaios e observem bem de perto as técnicas utilizadas pelo nosso convidado”, explica Lilia Valente, diretora artística do Festival.

Ponto alto do workshop deste ano foi MESA REDONDA com a participação dos renomados Maestros:

Maestro Henry Leck Butler University/EUA.

Parcival Módolo /SÃO PAULO/Universidade Mackenzie

Lilia Valente SÃO PAULO/SP

Marisa Fonterrada UNESP/SP

Patrícia Costa Rio de Janeiro UFRJ/RJ

Coordenadora: Tânia Bertassoli SÃO PAULO/SP

Numa a rápida retrospectiva, lembramos que nessas doze edições, reunimos 274 corais, 5.108 crianças e jovens, 1.176 regentes de mais de 15 estados do Brasil para o workshop. Recebemos um público para os concertos de 19.410 pessoas.

Resultado da pesquisa de opinião, considerando que 5 é a nota máxima – excelente e 4 muito bom.

Média geral do Gran Finale = 4,5

Média dos palestrantes convidados = 4,8

Média geral do Gran Finale pelos coralistas = 4,6

Powered by Cincopa WordPress pluginAnother great product from Cincopa Send Large Files. Also read how to Add video to your website.

O que é o Gran Finale

Gran Finale – Festival Nacional de Corais Infantis e Jovens é um evento musical, no qual se reúnem mais de 500 crianças e jovens de corais do todo Brasil, pré- selecionados, que se integram para formar dois grandes coros com repertório único para um concerto final, o GRAN FINALE, regido por um competente e tarimbado maestro convidado de renome internacional. O Festival atende também crianças e jovens de baixa renda, sendo um projeto de inclusão social através da música.

O Festival não é competitivo e não tem por finalidade a premiação; pode ser definido como um encontro dos melhores corais infantis e jovens, como resultado prático do esforço conjunto de regentes brasileiros. É o coroamento de pessoas e instituições que lutam para desenvolver a cultura em nosso país.

Este formato de festival é único e inovador no Brasil, e foi inspirado no tradicional festival anual que acontece no Teatro Carnegie Hall de Nova York – EUA.

O evento conta com um workshop para instrumentalizar e reciclar os conhecimentos dos regentes inscritos com a abordagem de novos temas e também a observação dos ensaios. Em 2011 o workshop tornou-se Curso de Extensão Universitária, com certificado emitido pela Universidade Cruzeiro do Sul. Como atividade complementar ocorre uma feira com venda de livros pedagógicos musicais, partituras, arranjos e CDs infantis.

 

Convidados 2014

Maestro Henry Leck

Maestro Henry Leck

Maestro Henry Leck

Maestro Henry Leck é fundador e Diretor artístico do ICC- Indianápolis Children`s Choir, programa com mais de duas mil crianças, fundado há mais de 25 anos, sediado na Butler University, Indianápolis –Indiana-EUA.

Obteve mestrado em Regência Coral pela Indiana University e, em 1992, recebeu o título de “Educador Universitário do Ano”, em seu país. Recentemente, em 2007, Henry Leck recebeu o premio Indiana Governor’s Art Award,a mais alta premiação nas artes que se pode receber do estado.
Por dezoito anos, é o Maestro titular do Festival do Carnegie Hall, Nova York.
É mundialmente conhecido como especialista em voz infantil, mudança de voz para os meninos e pela qualidade musical e diversidade de repertório – marcas registradas de seus corais. Tem se apresentado regularmente na Europa, África, Rússia, Ásia, América do Sul, Grécia, Escandinávia, Guatemala, México, Austrália, Nova Zelândia e China.

Rege regularmente Festivais e Coros de Honra tradicionais: Toscana Festival/ Itália, Kennedy Center/ Washington, Canterbury/ Inglaterra, Meninos Cantores de Viena/ Áustria, Festival do Pacífico/ Hawaí, Festival em Pequim/ China,Gran Finale/Brasil entre outros.
.
Produziu três vídeos entitulados: “Vocal Techniques for the Young Singer, The Boy’s Expanding Voice and Creating Artistry through Movement Dalcroze. É também o editor de partituras corais publicadas pela Hal Leonard Corporation e Colla Voce Inc/Plymouth. Recentemente lançou seu primeiro livro, Creating Artistry through Choral.

Regente Patricia Costa

Patricia Costa

Patricia Costa

Regente, arranjadora vocal e diretora cênica, licenciada, Mestre e doutoranda em Música pela UNIRIO, Patricia Costa dedica-se ao canto coral desde 1978, como cantora e desde 1993, como regente. Foi integrante do coral da Southern Illinois University nos EUA (Robert Kingsbury), do grupo Garganta Profunda (Marcos Leite) e do Coro de Câmara Pro Arte, dirigido por Carlos Alberto Figueiredo – com quem se aprimora em Regência Coral. Ministra cursos de extensão universitária do Conservatório Brasileiro de Música – CBM CEU/Rio de Janeiro, além de ser professora convidada do curso de Pós-Graduação em Regência Coral desta mesma instituição. Fez parte da equipe docente (professora convidada) de pós-graduação da Escola de Música e Belas Artes do Paraná. É professora (substituta) de Regência Coral na Escola de Música da UFRJ em 2012 e 2013.

Dirige os corais juvenis do Colégio São Vicente de Paulo desde 1993, o coro adulto independente Vozes Cariocas e foi também responsável pelos corais do Colégio Cruzeiro (infantil, juvenil e adulto) por 10 anos. Trabalha com direção cênica de corais desde 1990, tendo sido responsável por montagens de grupos como Equale, Mãos em Canto e Coro Corado, além de responder pela direção cênica de todos os corais com os quais atua. Tem sido constantemente convidada como palestrante em diversos eventos corais pelo Brasil (Rio, São Paulo, Minas, Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso, Paraíba, Bahia, dentre outros), sobretudo na área de coro juvenil e direção cênica para corais.